domingo, 21 de março de 2010

Visita ao orfanato #1

Olá!

Sei que faz tempo, desde a última vez que escrevemos alguma coisa!
Hoje venho reportar-vos uma viagem que fizemos.

Aconteceu há 2 semanas!

Fizemos amizade com um grupo grande de pessoas que de tempos a tempos decide passear pelo país! Fazem isto todos juntos há cerca de 20 anos... (imaginem o quanto já conhecem Moçambique!).

Num jantar, há cerca de 2 meses, fiquei a saber que este grupo iria entregar 1 boi a um orfanato. Este orfanato, pelo que nos foi dado a conhecer, tinha cerca de 8 vacas, e sempre que queriam que as vacas tivessem vitelinhos, tinha que se pagar para vir um boi. Uma das pessoas do grupo lá decidiu! "Vou oferecer um boi ao orfanato.". Maravilha! Levaram 1 boi e 1 vaca. Outro amigo levou uma carrinha cheia de pneus usados, que servirão para fazer vasos e também baloiços para as crianças. Como diz a irmã Lucilia, a gestora do projecto com ajuda da cooperação portuguesa, "Tudo tem utilidade!"

Com o aproximar desta viagem, tratou-se de arranjar companhia e também alguma ajuda para as crianças. Fomos com um casal amigo, a Sandra e o Toni! Que malta fantástica! Que malta amiga!!! Sempre lá!!!

Decidimos comprar material escolar!


Bom, a viagem seguiu-se tendo como ponto de partida a Escola Portuguesa, era um sábado e eu (João) estava a dar formação! Então, às 13h aí estava o meu pessoal, a fazer a marmita em frente da escola, para podermos arrancar sem que fosse necessário parar para comer.

Seguimos uma outra saída da cidade, pensando eu que seria melhor, para evitar o trânsito desta cidade. Resumindo demorámos 1 hora e 15 minutos para fazer... 13 kilometros. LINDO!!!!

Nesta viagem vimos de tudo... um cheirinho das fotos tiradas:


(mercado... não imaginam o tamanho deste mercado nos subúrbios... não me recordo do nome!)



(uma rua típica do bairro)


(Salão de cabeleireiro, ahahahahah, este é dos mais rudimentares)


(Oficina/Stand oficial da BMX e da BTT, brincadeira!!!!)


Lá seguimos viagem. O tal grupo que falámos ia somente no domingo, mas como achámos que eram muitos Kms, resolvemos ir um dia antes e montar tenda no Xai-xai.

Passámos a ponte (sobre o rio Limpopo), que para o lado oposto tem portagem....ou seja quem entra vai de borla, quem sai paga.



Chegámos eram 17h. Lá demos com o parque de campismo. Como a tenda era emprestada tivemos que ler as instruções. Ah,ah,ah! Debaixo de uma chuvita lá se foi montando, mas ainda era de dia.....quando terminámos, era de noite ihihihihihiiih!



Nos entretantos, descobrimos que tinhamos levado comida para jantar, levámos carvão, acendálhas, fósforos......mas e o grelhador???? Nada!!!! Nem uma misera grelha levámos. Sorte que uns miudos passaram e devem ter ouvido e lá alugámos uma jante de automóvel e uma grelha, por 100 meticais, ou seja, menos de 2,50 euros. Ah! mas além disso, também não levámos mesa nem cadeira....o resultado foi comer na porta da bagageira da pick-up. Era só rir com as desgraças, sempre a pensar no que nos iria acontecer a seguir.



Depois de termos jantado e arrumado a tralha, resolvemos ir ao barzinho do parque, que estava quase vazio. Fizemos os nossos pedidos, sentámos e aí estava de novo outra peripécia....desaba a chover e a luz apaga! uhhhhhhhhh..... passado pouco tempo voltou, mas o bar estava a fechar, eram umas 22h. Voltámos para a tendinha e dormimos!


No outro dia de manhã, na esperança de mandar um mergulho no mar, antes de partir, perdemos logo as esperanças, o mar estava picadissimo e estava vento e friote!!!

Metemo-nos à estrada que a partir do Xai-xai, durante 70 Km a estrada anda a ser recuperada e entre buracos e crateras lá fomos.



Um pouco antes de chegar a Inharrime (terra do orfanato), deparámos com uma das vistas mais bonitas que algum dia encontrámos! Quissico:


Quando chegámos ao orfanato, demos uma volta para conhecer todo aquele espaço, mas afinal o terreno parece não ter fim (48hectares), pois estende-se e a parte da machamba (quinta/agricultura) fica tão distante que até fomos de carro, para ir ver o BOI.
(Escola Primária - dentro do terreno do orfanato) (visita aos bois e vacas)


Almoçámos, mas antes tivemos direito a uma canção de boas vindas. Feito o agradecimento pela refeição, lá afiámos a faca e forrámos o estômago.
video
E com um sorriso na cara nos despedimos até o próximo post!


Estamos Juntos com a nova arquitectura! ;)